24 de dezembro de 2015

STALKING: O crime de perseguição insidiosa



[ TUDO O QUE EU APRENDI SOBRE STALKING APRENDI COM UM STALKER ]

Em primeiro lugar quero definir Stalker: é uma palavra inglesa que significa "perseguidor". É aplicada a alguém que importuna de forma insistente e o bsessiva uma outra pessoa. A perseguição persistente pode levar a ataques e agressões.

Stalking: é definida como a atenção REPETIDA E INDESEJADA, o assédio, contato ou qualquer outro comportamento dirigido a uma pessoa especifica que causaria algum tipo de stress.

Sim, eu sei. Você vai dizer: que mal tem em dar uma fuçadinha nas redes sociais ? Elas estão ai pra isso. Será?

" Não é raro que alguém, por amor ou desamor, por vingança ou inveja ou por outro motivo qualquer, passe a perseguir uma pessoa com habitualidade incansável. Cartas, e-mails, mensagens privadas, bilhetes, recados por interposta de pessoa e enfim, tornam um inferno a vida da vitima, causando-lhe  no minimo, pertubação emocional "

Pesquisando sobre o assunto, foi difícil admitir que em alguns momentos da minha vida - por imaturidade ou só mesmo por diversão - me vi sendo um Stalker em potencial. Pois é, aquela fuçada nas redes sociais, aquela olhadinha rápida só para conferir as novas fotos ou até mesmo aquela fofoca que fizeram e eu dei ouvidos, não são tão inocentes quanto parece em primeiro momento.

Antes de sofrer com o assunto, não sabia a proporção dos danos que esse ato aparentemente inocente pode despertar. O problema que me envolve não refere-se somente ao caso de stalking para falar a verdade. Ele vem acompanhado de muitos outros assuntos, como por exemplo uma sociedade machista que caso o cara decida ter dois relacionamentos as mulheres odeiam umas as outras.

Em muitos paises já existem leis especificas para o stalking, no Brasil a figura jurídica que mais se aproxima é a contravenção penal de "pertubação da tranquilidade", com a descrição tipificada no artigo 65 do Dec- Lei n. 3.688/41 ( Lei das Contravenções Penais) que diz: " Art. 65: Molestar alguém ou perturbar-lhe a tranquilidade por acinte ou por motivo reprovável: Pena - prisão simples, de quinze dias a dois meses, ou multra [...]

Com o crescimento das redes sociais a vida parece um reality show. As interações na rede podem ser facilmente manipuladas, mal compreendidas e até maldosas.
Em dois momentos da vida fui vitima de stalking, o primeiro quando descobri que existia um perfil no facebook usando das minhas fotos, nome e informações pessoais para interagir com pessoas que eu desconheço.
E recentemente com uma pessoa que me persegue em todas as redes - inclusive aqui - procurando desesperadamente carapuças que sirvam em sua cabeça. Posso resumir em duas palavras: insegurança amorosa e infantilidade.

Quando dizem que Vó é sempre muita sábia é incontestável, desde pequena quando me era alertado para não "mexer com fogo para não se queimar" e eu, em teimosia decidia pagar para ver, minha avó dizia: Thamires, quem procura acha. Eu avisei. "
E é a mais pura das verdades.

Sou da seguinte opinião: Quando você decide por livre e espontânea vontade procurar informações sobre alguém ou sobre algo, sempre é por sua conta em risco. Você não tem poder e direito de cobrar nada de ninguém.
É sempre necessário saber que toda historia é rodeada de três lados: o seu, o da outra pessoa e a verdade.

Falando de relacionamentos em especifico relatei nest post a maneira absurda e desenfreada que as redes sociais afetam as interações amorosas.
Não vou expor de maneira nenhuma o momento que estou vivendo neste ultimo ano, não vale a pena relatar as perseguições e absurdos que veem sendo ditos ao meu respeito, porém vale ressaltar que todos estamos vulneraveis aos ataques virtuais, vez ou outra pode acontecer da notificação de mensagem do seu facebook ser um desconhecido te ofendendo e acusando de coisas que você não fez. É o famoso complexado de Recalque versão 2015. E eu sofri bastante com isso esse ano.

Não gostaria de finalizar as postagens do ano aqui no blog falando de um assunto tão desagradável, mas, é inevitável vendo que isso vem afetado minha vida particular diretamente. Não existe sentimento mais desgastante que o de se sentir coagida sobre todas as coisas que você resolve compartilhar na rede. Você se pega parada relendo cada palavra de um twett que resolve postar, apenas para garantir que em menos de cinco minutos seu whatsapp não notifique que você tem uma "nova bronca virtual".
Cada um é responsável pelo que diz e não pelo o que o outro entende. Eu nada tenho a ver com as frustações e desilusões amorosas que a pessoa em questão teve ao criar um conto de fadas inexistente em sua vida. Também tenho meus traumas - e querida, falando diretamente com você: não são poucos, não são fáceis e você nem imagina 1/3 deles - e acima de tudo e mais importante: tenho uma historia a qual você não conhece metade.

Antes de sair pré-julgando e perseguindo alguém - especificamente falando - motivado(a) pelo sentimento de posse pelo parceiro(a) lembre-se que essa pessoa teve uma vida antes de você, que você não tem poder sobre o passado - e talvez presente também - e das pessoas que fizeram parte da vida dessa pessoa. Não importa quantas vezes você decida fechar os olhos e seguir uma estrada cega de amor, isso é uma opção SUA e quem deve arcar com isso é tão e somente você.
Não deposite sobre os ombros de outra pessoa o fracasso das suas relações.

Você nunca sabe o que a pessoa que está ao seu lado é intimamente, você é dona de si e não do outro. Ouça capital inicial e pergunte-se: o que ele faz quando, ninguém o vê fazendo.
Cansada de indiretas, curtidas nas redes sociais " sem querer ", bloqueio, desbloqueio, adiciona, cancela a solicitação. Quero dizer que: FODA-SE.

Não me interessa os problemas psicológicos de ninguém. Não é da minha responsabilidade as mentiras que lhe parecem verdades. Não ME IMPORTA. 

Sejamos cafonas, fiéis e clichês e com as contas das redes sociais muito bem bloqueadas e ponderadas.


[ É possível que nas semanas que se iniciem, me ausente das redes sociais. O negocio pegou pesado e eu decidi que me afastar das redes sociais por hora é a melhor saída.

Tenham todos ótimas festas de fim de ano ]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Link do seu blog - créditos

Tema Base por Butlariz